Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Tentativa de invasão acaba em confronto com a polícia no centro

Grupo quis entrar em prédio desocupado e PM interveio; 30 pessoas foram levadas a delegacia e liberadas na madrugada

Juliana Diógenes e Mônica Reolom, O Estado de S. Paulo

23 de setembro de 2015 | 20h41

Atualizado às 12h49 do dia 24/9

SÃO PAULO - Uma tentativa de invasão em um prédio na região central de São Paulo terminou em tumulto e confronto com a polícia no início da noite desta quarta-feira, 23. Trinta pessoas foram levadas ao 2° Distrito Policial (Bom Retiro), ouvidas e dispensadas por volta das 4h desta quinta-feira, 24, após assinatura de termo circunstanciado. A Polícia Militar não tem informações de feridos.

Segundo a Polícia Militar, PMs a pé faziam um patrulhamento de rotina quando, por volta das 18h50, se depararam com um grupo de pessoas entrando em um prédio desocupado na Avenida Ipiranga, altura do número 900, próximo à esquina com a Avenida São João. Não há informações sobre quantas pessoas faziam parte do grupo e nem se elas era ligadas a algum movimento organizado por moradia.

Os policiais chamaram reforço e houve confronto. A PM afirma que os invasores jogaram objetos de cima do prédio, como pedaços de madeira, na direção dos homens da corporação. Os invasores e quem passava pela região dizem que os policiais reagiram com tiros de bala de borracha e bombas de efeito moral. A polícia confirmou que houve uma “intervenção” mas não havia recebido nos canais oficiais de comunicação a confirmação de qual tipo de armamento foi usado.

O edifício já havia sido palco de ocupação. Em 8 de maio deste ano, ele havia passado por uma reintegração de posse e estava vazio desde então.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que o cruzamento das duas avenidas ficou totalmente bloqueado das 18h23 até cerca de 21 horas, o que causou reflexos no congestionamento. Às 18h30, a lentidão na cidade alcançava cerca de 145 quilômetros de um total de 868 km  monitorados, índice acima da média para o horário.

Já às 20 horas,  havia 11 km com trânsito lento nas vias do centro da capital - horário em que  o local da invasão ainda não havia sido liberado para o tráfego, segundo a CET.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), não houve registro de feridos nos boletins de ocorrência registrados no 2º DP.

Tudo o que sabemos sobre:
invasãoocupação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.