Tentativa de assalto a cassino irregular deixa policial morto

Caso funcionava em imóvel lacrado pela Prefeitura; polícia persegue carro dos ladrões na Av. dos Bandeirantes

Andressa Zanandrea, do Jornal da Tarde,

14 de setembro de 2007 | 07h54

Uma tentativa de assalto a um cassino clandestino terminou com um policial civil morto, um segurança e um bandido baleados na madrugada desta sexta-feira, 14, no Itaim-Bibi, na zona sul de São Paulo. Por volta das 2 horas, cinco homens armados chegaram à casa de jogos, que funcionava ilegalmente em um imóvel já lacrado pela Prefeitura, na Rua Clodomiro Amazonas.   Houve tiroteio quando os bandidos deixaram o local. Testemunhas disseram ter ouvido mais de 40 disparos e policiais perseguiram um dos carros usados pelo grupo na Avenida dos Bandeirantes.   Douglas Pereira dos Santos, da 3ª Delegacia de Investigação sobre Estelionatos, do Departamento de Investigações Sobre o Crime Organizado (Deic), estaria no cassino a trabalho, como segurança. Ele foi atingido por cinco disparos, na perna, no braço e no abdômen, e morreu no Hospital São Luiz. O outro vigilante está internado em estado grave no mesmo hospital.   Enquanto quatro bandidos entraram no cassino, um ficou dando cobertura, do lado de fora, segundo uma testemunha, que pediu para não ser identificada. "Ele foi o que mais atirou." Além dos baleados, o tiroteio deixou marcas pelas redondezas, como em três carros - sendo um deles do policial civil - e na porta de um estabelecimento comercial. Na confusão, os clientes deixaram o cassino às pressas, antes da chegada da polícia.   Segundo testemunhas, os bandidos entraram em dois carros. Um dos criminosos, atingido na troca de tiros, estava caído na rua, mas conseguiu fugir com a ajuda dos outros assaltantes. Quando deixaram a Rua Clodomiro Amazonas, eles teriam atirado várias vezes para cima. Dois assaltantes que estavam em um dos carros foram perseguidos por policiais e interceptados em um viaduto na Avenida dos Bandeirantes.

Tudo o que sabemos sobre:
cassinocasa de jogostiroteio em SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.