Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Tentativa de assalto a banco termina com 4 presos em Higienópolis

Segundo depoimento de funcionários, um quinto assaltante fugiu antes da chegada da polícia; operação interditou a Avenida Angélica

Natália Cacioli, Raquel Brandão e Raul Galhardi, Especiais para O Estado

31 de outubro de 2014 | 16h20

SÃO PAULO - Quatro pessoas foram presas no início da tarde desta sexta-feira, 31, após uma tentativa de assalto a uma agência do banco Bradesco localizada na Avenida Angélica, em Higienópolis. Segundo depoimentos de funcionários do banco, um quinto suspeito fugiu antes da chegada da Polícia Militar. Não foram feitas imagens do foragido, pois a agência não dispõe de sistema de monitoramento interno.

Às 12h40, cerca de 15 viaturas da PM foram acionadas para averiguar a denúncia de roubo em que oito pessoas, entre funcionários do banco e clientes, foram feitas reféns. A avenida foi interditada e a agência, cercada, enquanto o helicóptero Águia prestava apoio à ocorrência. 


Após 40 minutos de negociação, os reféns foram liberados sem ferimentos e três suspeitos entregaram suas armas: três revólveres calibre 38 e uma pistola 380. O quarto acusado tentou fugir e cortou a cabeça ao quebrar uma janela da agência. Ele foi levado ao pronto-socorro da Santa Casa.

Os nomes dos bandidos e seus antecedentes criminais não foram divulgados pela polícia. Eles foram encaminhados ao 77.º Departamento de Polícia (Santa Cecília). A Polícia Civil irá prosseguir com as investigações.  

Tudo o que sabemos sobre:
HigienópolisSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.