Tenente é condenado por duplo homicídio

O tenente da PM Mauro da Costa Ribas Júnior foi condenado ontem, em São Paulo, a 32 anos de prisão pelo assassinato do metalúrgico Edson Edney da Silva, de 27 anos, e do segurança Emerson Heida, de 28, em setembro de 2010. Por ocultação de cadáver, vai cumprir mais 1 ano e 2 meses. As vítimas haviam sido vistas pela última vez em Cidade Dutra, zona sul, ao serem abordadas por PMs.

O Estado de S.Paulo

19 Novembro 2011 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.