Tenente é acusado de furtar casa de traficante

O primeiro-tenente do Exército Luiz Octávio de Goes Freitas, de 28 anos, é acusado de furtar uma chopeira, de R$ 7,5 mil, e dois aparelhos de ar-condicionado, de R$ 1,2 mil e R$ 1,5 mil, da casa de um traficante e de uma família do Complexo do Alemão, no Rio. O crime ocorreu em dezembro de 2010 e em janeiro de 2011, quando a Força de Pacificação expulsou o tráfico. Após um ano e quatro meses, o Superior Tribunal Militar aceitou a denúncia do Ministério Público Militar.

O Estado de S.Paulo

08 Julho 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.