Tenente é preso após atirar na rua e dirigir embriagado em SP

PMs receberam denúncia de que um homem dirigindo um carro preto estava atirando para o alto, descontrolado

Alexandre Hisayasu, O Estado de S. Paulo

05 Fevereiro 2016 | 20h30

SÃO PAULO - O tenente da Polícia Militar, Luiz Felipe Barroso Antunes, foi preso na manhã desta sexta-feira, 5, acusado de dar tiros no meio da rua, dirigir embriagado e ofender colegas da corporação que foram abordá-lo.

Segundo a polícia, o oficial estava de folga e foi encontrado por policiais militares na rua Major Sertório, na região central de São Paulo. Os PMs receberam denúncia de que um homem dirigindo um carro preto estava atirando para o alto e descontrolado.

Os policiais afirmaram que encontraram uma cápsula de pistola na rua e que o tenente estava com a arma da corporação dentro do seu carro. O oficial, ao xingar os colegas, foi contido e levado para o 2º DP (Bom Retiro), onde o caso foi registrado.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública informou que "o tenente foi preso em flagrante por embriaguez ao volante, desacato e disparo de arma de fogo". Ele foi encaminhado à audiência de custódia e liberado após pagamento de fiança. O tenente responderá a esses indiciamentos em liberdade.

Em seguida, ele foi conduzido ao seu batalhão para prestar depoimento. Ele responderá, na Justiça Militar, por desacato aos policiais militares que o prenderam e ficará detido no Presídio Romão Gomes, à disposição da Justiça Militar. Além disso, foi instaurado processo administrativo para apurar a conduta do policial e possíveis punições.

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULO Justiça Militar

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.