Tenente-coronel da Rota sofre atentado

Paulo Adriano Telhada, de 48 anos, saía de casa, na zona norte da capital, quando seu carro foi alvejado

, O Estado de S.Paulo

01 de agosto de 2010 | 00h00

O tenente-coronel da Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), Paulo Adriano Telhada, de 48 anos, sofreu um atentado, na manhã de ontem, quando saía de casa, na zona norte da capital. Segundo a polícia, Telhada estava no portão quando um carro parou e dois homens começaram a atirar. Ele não se feriu.

 

Veja também:

Carros são incendiados durante a madrugada na zona leste

Batalhões dos Bombeiros estão em alerta em SP

Bandidos atacam quartel da Rota em São Paulo

Suspeito de atirar contra Rota já tinha passagens pela polícia

Goldman vê 'possibilidade zero' de nova série de ataques do PCC

 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), por volta das 11 horas, o coronel saia da garagem de sua casa em sua caminhonete quando um carro com dois homens parou em frente ao seu veículo. O passageiro abriu o vidro e disparou diversas vezes contra o policial militar. Telhada se abaixou dentro da caminhonete até que a dupla de atiradores decidiu fugir. Nenhuma bala o atingiu.

 

 

Os disparos acertaram o carro do tenente-coronel, o muro da casa e outro veículo que estava estacionado nas proximidades.

 

A polícia solicitou perícia para o local. O caso, registrado no 72º Distrito Policial, na Vila Penteado, será investigado. Ninguém foi detido.

Tudo o que sabemos sobre:
Rota

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.