Tenente-coronel da PM se entrega após matar dono de padaria no Rio

O tenente-coronel da PM Anderson Albuquerque, subcomandante do 19.º Batalhão, de Copacabana, zona sul do Rio, foi preso na noite de anteontem após matar a tiros, por volta das 20h, o dono de uma padaria no Cachambi, na zona norte. Albuquerque se apresentou espontaneamente, no plantão da 23.ª Delegacia, do Méier, também zona norte.

O Estado de S.Paulo

03 de junho de 2012 | 03h03

O oficial e o comerciante, identificado como João Luiz dos Santos Lima, estavam brigando quando o policial, à paisana, sacou uma arma e atirou. A vítima morreu no local.

Peritos da Divisão de Homicídios foram até o local, mas não informaram detalhes sobre o que teria causado a discussão. Ferido durante a briga, o oficial da PM foi atendido no Hospital municipal Salgado Filho, no Méier.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.