Tenda cai na Costa do Sauípe e mata operário

Estrutura estava sendo montada para evento no fim de semana; outras 49 pessoas que trabalhavam no local ficaram feridas

TIAGO DÉCIMO / SALVADOR , O Estado de S.Paulo

14 de fevereiro de 2013 | 02h01

Uma tenda com capacidade para 2 mil pessoas ruiu na manhã de ontem no complexo hoteleiro da Costa do Sauípe, município de Mata de São João, litoral norte baiano, matando um dos operários que trabalhavam no local e ferindo outros 49, segundo a Secretaria de Saúde da Bahia. Dois dos feridos estão internados em estado grave.

A estrutura estava sendo montada para uma convenção de gerentes do Bradesco, que aconteceria no próximo fim de semana.

O acidente ocorreu por volta do meio-dia. Segundo funcionários atendidos no Hospital Geral de Camaçari, cerca de 100 pessoas trabalhavam no local no momento do desabamento. "Não havia nada de errado e, de repente, caiu tudo", diz Joilson César Lima, de 26 anos, que sofreu corte e grande hematoma na cabeça. "Não teve nenhum barulho diferente, nenhum aviso."

A estrutura da tenda, instalada em uma área distante dos cinco hotéis do complexo, já estava montada quando o equipamento ruiu. Os funcionários trabalhavam na instalação da cobertura, na montagem do piso, na instalação do palco e no sistema de som e iluminação para o evento, que ocorreria entre amanhã e o domingo.

Causas. Em nota, o Bradesco informou que contratou o Grupo TV1 para a instalação da estrutura. Por causa do acidente, o evento foi cancelado. "O Bradesco lamenta o ocorrido e vai aguardar a apuração das causas do acidente pelas autoridades", diz a nota.

O Grupo TV1 informou, também por meio de nota, que a obra "era realizada dentro de todas as especificações e normas de segurança exigidas por lei para esse tipo de edificação e sob supervisão de engenheiros e arquitetos qualificados e experientes".

O texto diz que a empresa, "juntamente com as empresas subcontratadas, está focada no apoio integral às vítimas e seus familiares".

Uma equipe de técnicos do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia (Crea-BA) foi ao local para apurar as causas do acidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.