Temporal deixa 1 morto e 120 mil casas sem luz

O comerciante Armindo Villalba Segóvia, de 57 anos, morreu ontem com a queda da laje de sua lanchonete, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, provocada pelo forte temporal que atingiu a região. Os ventos chegaram a 80 km/h e duas torres de transmissão de energia caíram, deixando pelo menos 120 mil casas sem luz em cinco municípios. Já em Minas Gerais, a chuva alagou ruas de Uberlândia.

O Estado de S.Paulo

30 Outubro 2011 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.