Reprodução| Facebook
Reprodução| Facebook

Temporal com granizo destrói casas e escolas em Vargem Grande do Sul

Parte da cidade ficou sem energia elétrica durante toda a noite

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

04 de outubro de 2016 | 13h53

SOROCABA – Uma forte chuva com rajadas de vento e granizo derrubou árvores, destelhou casas e danificou prédios públicos, no fim da tarde de segunda-feira (3), em Vargem Grande do Sul, interior de São Paulo. Parte da cidade ficou sem energia durante toda a noite. Na Escola Municipal de Educação Básica Nair Bolonha, no Jardim Paulista, o vento forte arrancou a cobertura e derrubou um galpão usado como estacionamento. Quatro veículos e uma moto foram atingidos pelos escombros.

Parte do telhado da Escola Estadual Alexandre Fleming, no centro, desabou. Fios elétricos foram arrebentados pelo vento e lançados na rua. As aulas foram suspensas nesta terça-feira (4) para limpeza e reparos. A queda intensa de granizo formou montes de gelo nas ruas e nos gramados. Na zona rural, lavouras ficaram destruídas. O telhado de um estábulo desabou. As rodovias Lourival Lindório de Faria (SP-344) e Doutor José Vasconcelos dos Reis (SP-207), que cortam a região, chegaram a ficar interditadas pela grande quantidade de pedras de gelo.

No centro e no Jardim São Paulo, várias casas foram destelhadas e a cobertura de um posto de combustível ruiu. De acordo com a Defesa Civil, apesar da intensidade do temporal, ninguém ficou ferido. O temporal deixou a cidade sem sinal de celular e internet durante toda a noite. Na manhã desta terça, parte da cidade ainda estava sem telefonia e internet. Algumas ruas permaneciam interditadas devido à queda de árvores. A prefeitura fazia um balanço dos estragos. Na região, houve danos também na zonas rurais de São José do Rio Pardo e São Sebastião da Grama.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.