Temporal causa estragos, inundações e deixa 1 ferido no interior de SP

Em São Sebastião, um homem foi arrastado pela enxurrada; Unidade de Pronto Atendimento teve de ser interditada em Catanduva

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

06 de março de 2017 | 15h08

SOROCABA - As chuvas fortes que atingiram o interior de São Paulo, entre a noite de domingo e a manhã desta segunda-feira, 6, causaram inundações e destruição em ao menos cinco cidades. Em São Sebastião, no litoral norte, um homem foi arrastado pela enxurrada e salvo pelo Corpo de Bombeiros com vários ferimentos, segundo a Defesa Civil. Ele foi atendido no posto do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e liberado. Duas pontes sobre o Rio Boiçucanga foram destruídas pelas águas. Em seis horas, choveu 133 milímetros na região.

Em Caraguatatuba, cidade vizinha, o Rio Santo Antônio saiu do leito e invadiu casas na região central. Três famílias ficaram desalojadas. Também houve alagamento de casas nos bairros Caputera, Rio do Ouro e Getuba. O deslizamento de um barranco interditou parcialmente a rodovia Rio-Santos (SP-55), no bairro Olaria.

Um temporal alagou parte de Sorocaba na noite de domingo, 5. A chuva intensa transformou em rio a rua Onze de Agosto e vários carros foram tomados pelas águas. Moradores ajudaram as famílias a deixar os veículos. No Jardim Abaeté, dezenas de casas ficaram alagadas. Na Vila Haro, a enxurrada invadiu um condomínio e alagou o estacionamento. Um poste caiu na Vila dos Morros e houve deslizamentos sem vítima no Parque das Laranjeiras.

Em Catanduva, o temporal derrubou um muro e alagou a principal Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Cerca de 30 pacientes que estavam em observação e outros 20 que aguardavam atendimento foram transferidos para o Hospital Padre Albino. Parte do prédio foi interditada. A queda do muro atingiu imóveis vizinhos, destruindo uma casa e um carro. Em Matão, um temporal fez transbordar o Córrego do Curtume e ao menos oito casas foram alagadas. A enxurrada abriu uma grande erosão na Avenida Siqueira Campos, junto ao Rio São Lourenço, ao lado da rodoviária.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.