Temporal 'ajuda' retomada de projeto original do Central Park

Um temporal, há um ano, derrubou mais de 500 árvores no Central Park e danificou outras centenas. Mas as autoridades viram um aspecto positivo: a chance de restaurar o parque para deixá-lo como sonhavam seus criadores, Frederik Law Olmsted e Calvert Vaux, que em 1858 ganharam um concurso para projetá-lo.

Sarah Maslin Nir THE NEW YORK TIMES, O Estado de S.Paulo

19 de agosto de 2010 | 00h00

Segundo Douglas Blonsky, presidente da Central Park Conservancy, a redução inesperada de áreas densamente arborizadas deixou o parque mais próximo do que os criadores do projeto original pretendiam. "A ideia era atrair o visitante para o parque para ter experiências visuais", disse ele. "Você veria paisagens à distância que o instigariam a ir até lá para ver o que seriam."

Para Adrian Benepe, diretor de parques da cidade, "eles pintaram um quadro na terra". "E o parque ficou igual a uma pintura que é repintada por anos e daí você tem a oportunidade de tirar toda essa pintura em excesso e ver a paisagem como seus criadores a imaginaram."

"A tempestade acabou não sendo tão ruim, pois criou novas oportunidades", completou Benepe. "Foi como uma motosserra que passou por aqui."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.