Temporais no RS mataram 3 pessoas e afetaram 108 mil

Os temporais desta semana afetaram 108 mil pessoas no Rio Grande do Sul, segundo a Defesa Civil. Acidentes durante os temporais ou em reparos de residências mataram três pessoas e deixaram duas desaparecidas.

O Estado de S.Paulo

21 Setembro 2012 | 03h04

Em Cachoeira do Sul, um jovem de 22 anos morreu ao cair de uma altura de 15 metros enquanto recolocava telhas em um pavilhão. No mesmo município, os bombeiros encontraram o corpo de um pescador que caiu no Rio Jacuí durante a enxurrada. Anteontem, um morador de Espumoso morreu ao cair do teto da casa enquanto o consertava. Um dos desaparecidos caiu no Rio Mampituba, na divisa com Santa Catarina, e outro no Rio Uruguai, na fronteira com a Argentina, ambos anteontem.

Por causa dos vendavais e alagamentos, 18 municípios decretaram situação de emergência. Cerca de 9,6 mil pessoas chegaram a ficar desabrigadas, mas a maioria já voltou para casa.

Já Bagé tem motivo para comemorar. A cidade estava com o abastecimento de água racionado desde janeiro mas, com as chuvas, duas barragens encheram e os cortes diários foram suspensos. / ELDER OGLIARI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.