Defesa Civil de Piracicaba
Defesa Civil de Piracicaba

Temporais causam morte e interditam estradas no interior de SP

Muro de arrimo de terreno caiu sobre barraco e matou morador em Piracicaba; duas rodovias foram interditadas

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

11 de outubro de 2018 | 18h45

SOROCABA - Temporais que atingem o interior de São Paulo já causaram estragos em ao menos dez cidades, desde a manhã de quarta-feira, 10, até a tarde desta quinta-feira, 11. Uma pessoa morreu, atingida pela queda de um muro, em Piracicaba. Duas rodovias estaduais foram interditadas em consequência das chuvas na região noroeste do Estado. Conforme o Climatempo, as chuvas intensas se devem à passagem de uma frente fria do litoral de São Paulo para o Rio de Janeiro, com a formação de nuvens densas também no interior.

Em Piracicaba, durante a madrugada, um temporal causou a queda do muro da Escola Municipal Dom Aniger Francisco de Maria Melillo, no Bosques do Lenheiro. A Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Vila Sônia foi alagada. Ruas e avenidas ficaram sob as águas no bairro São Francisco Bongue, na Vila Rezende e no Areão. Na ocorrência mais grave, o muro de arrimo de um terreno caiu sobre um barraco, na Rua Josafá Gomes de Oliveira, no Bosques. O morador Oscar Eleutério, de 46 anos, estava sozinho e foi atingido pelos escombros, morrendo na hora.

Em Itararé, o vento forte destelhou várias casas no Jardim São Paulo. Uma criança de dois anos teve ferimentos leves. O muro de um condomínio desabou. Em Marília, as chuvas abriram uma grande cratera na via expressa da Avenida Sampaio Vidal, uma das principais da cidade. O trânsito está sendo desviado.

A chuva forte alagou o prédio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) em São José do Rio Preto. O Córrego Aterradinho transbordou e o acesso à Rodovia Transbrasiliana (BR-153) ficou temporariamente interditado.

O temporal inundou uma creche que atende crianças de até cinco anos, no bairro Adalberto Roxo, em Araraquara. As aulas chegaram a serem suspensas na manhã desta quinta-feira, mas já foram retomadas.

Em Pirassununga, o temporal derrubou árvores em várias partes da cidade. Uma delas foi lançada contra a cobertura de um posto de combustíveis, que ficou destruída.

São Carlos e Barretos também tiveram danos pelas chuvas.

Interdições

A Rodovia Miguel Ganthus (SP-323) foi totalmente interditada no km 12, em Herculândia, depois que a enchente no Rio Iacri causou danos na cabeceira de uma ponte. Na manhã desta quinta, o trânsito fluía por uma pista, no sistema Pare e Siga. À tarde, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que o trânsito havia sido normalizado. Segundo o órgão, o trecho da rodovia está sendo reformado e vai ganhar uma nova ponte. 

A Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425) está totalmente interditada desde a quarta, no km 277, em Penápolis, depois que as chuvas abriram uma grande cratera no asfalto. A força das águas rompeu uma tubulação sob a pista, e o asfalto corre o risco de ceder completamente. O trânsito está sendo desviado por uma estrada de terra, onde só passa um veículo leve por vez. Caminhões e ônibus precisam dar uma volta de 40 quilômetros. O DER informou que uma equipe foi ao local e fez um levantamento da situação. Uma empresa será contratada para obras emergenciais na rodovia, mas ainda não há prazo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.