Tem ministro no samba

Perto da folia, políticos visitam escolas do Rio, com direito a piadas e palpites sobre enredoFolia. Mercadante na Ilha

Clarissa Thomé e Pedro Dantas, O Estado de S.Paulo

26 Fevereiro 2011 | 00h00

A proximidade do carnaval aumentou as visitas de políticos às escolas de samba do Rio. Ontem, foi a vez dos ministros Alexandre Padilha (Saúde) e Aloizio Mercadante (Ciência e Tecnologia).

Padilha esteve no Salgueiro, na Tijuca, zona norte, para lançar a campanha "Sem camisinha não dá", de incentivo ao uso do preservativo na folia. Acabou saindo do tom ao comentar o trabalho de seringueiros do Acre, que desde 2003 fazem camisinhas para o Ministério da Saúde, e brincar com o prefeito de Rio Bonito, José Luiz Alves Antunes, o Mandiocão. "Essa camisinha que vocês viram na tevê, o Mandiocão pode usar com tranquilidade", brincou.

Mercadante visitou a União da Ilha, que homenageará Charles Darwin. Ele surpreendeu ao relacionar o incêndio que atingiu a Ilha, a Portela e a Grande Rio ao aquecimento global. "Talvez seja um alerta da necessidade que temos de nos adaptar, tomar providências para reduzir as emissões e ter outra atitude com a natureza."

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.