Telefônica vai ressarcir clientes afetados por pane

Em entrevista, presidente da empresa diz que 95% dos serviços já estão normalizados

09 Junho 2009 | 13h14

O presidente da Telefônica, Antônio Carlos Valente, afirmou que a empresa conhece as leis e diante da pane que atingiu os serviços da companhia na manhã desta terça-feira, 9, serão feitas restituições aos clientes afetados. Em entrevista à TV Globo, Valente afirmou que por volta das 11h30, 95% dos serviços da empresa já haviam sido normalizados.

 

Veja também:

linkPane na Telefônica atinge telefones fixos e interubanos em SP

blogBlog do Link: Nem o site da própria empresa escapou e ficou fora do ar até as 11h

 

Valente reconheceu que a pane deixou consumidores de todo o estado com telefones mudos desde às 9h10 da manhã desta terça-feira, mas disse que por enquanto não se sabe a origem do problema.

 

"O que se pode, no momento, é fazer uma descrição técnica de onde ocorreu o problema", explicou. De acordo com ele, a empresa tem pontos de transferência de sinalização. São três pares na capital - Perdizes, Liberdade e Ibirapuera - e três no interior. "Houve problemas nesses equipamentos, e um impacto em quase todas as chamadas no estado", afirmou.

 

O presidente da Telefônica informou que assim que as causas do problema forem detectadas serão divulgadas. E sobre a normalização do serviço, ele acredita que mesmo com os serviços todos normalizados, há a possibilidade de alguns problemas continuarem com os clientes corporativos, os centros de atendimento a clientes e alguns números portados de outras redes.

Mais conteúdo sobre:
Telefônica pane telefonia São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.