FELIPE RAU/ESTADÃO
FELIPE RAU/ESTADÃO

Tecnologias para hóspedes ganham espaço

Aplicativos para celulares em redes hoteleiras oferecem conveniências e podem enxugar custos

Edison Veiga, O Estado de S. Paulo

06 de setembro de 2015 | 03h00

SÃO PAULO - Em vez de chave, celular. Jornais do dia estão no app. E um tablet é o cicerone no lobby. Na pressa – e também na hora de enxugar as despesas –, a tecnologia é aliada de hóspedes e redes hoteleiras em São Paulo. Habitué da unidade Vila Olímpia do Hotel Pullman, o consultor de serviços Mauricio Rogério Reiner, de 40 anos, não dispensa tais conveniências.

"Fazer check-in e check-out pelo celular me dá muita agilidade", comenta ele, que mora em Curitiba e costuma vir para São Paulo ao menos uma vez a cada 15 dias. Como viaja sempre a negócios e, na capital paulista, tem de enfrentar trânsito pesado entre um compromisso e outro, ganhar tempo é essencial. “Também acontece de eu precisar fazer alterações em minha estadia e, pelo aplicativo, resolvo tudo sem precisar ligar para hotel”, acrescenta.

Outro serviço que a rede Pullman tem oferecido aos hóspedes, com boa aceitação, são jornais e revistas online. Trata-se de um aplicativo com 3,3 mil jornais e revistas de cem países diferentes.

“É um caso claro da junção do interesse do cliente com o interesse do hotel”, diz o presidente da AccorHotels América do Sul, Patrick Mendes, que administra o Pullman. Ganha o cliente, que tem o jornal de sua localidade a um clique, mas também ganha o hotel, que economiza com assinaturas de publicações impressas.

Novidade na rede, parceria com a Apple garante ao usuário do AppleWatch não só fazer check-in e check-out como também monitorar se o quarto já está limpo, por exemplo. “Estamos de olho em tudo o que é digital, porque sabemos que nosso cliente vai exigir isso”, afirma Mendes.

Ler jornais em formato digital também é uma facilidade na rede Intercontinental, que tem três unidades em São Paulo. “Nossos hóspedes usam um aplicativo que é inteiramente grátis em todas as dependências do hotel”, informa a assistente de Marketing da rede, Brenda Nascimento. “Nós também oferecemos iPads aos clientes para que possam ter total acesso a centenas de jornais do mundo todo.”

Nova geração. Administrado pela rede Marriott, o Renaissance oferece facilidades hi-tech aos hóspedes há pelo menos dois anos. “É preciso acompanhar a nova geração, que vive isso, está cada vez mais inserida no mundo digital”, comenta a diretora de vendas e marketing do hotel, Nina Mazziotti.

Check-in e check-out podem ser feitos pelo celular. E, no térreo, alguns tablets são oferecidos aos hóspedes, com um aplicativo, atualizado diariamente, com dicas de lazer e entretenimento nas proximidades.

“É a atualização da figura do concierge, pois ajuda o hóspede a navegar por São Paulo, a ir atrás das coisas inusitadas que acontecem na cidade e o paulistano faz”, diz Nina.

Mais conteúdo sobre:
Aplicativoshotéis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.