Técnico eletrônico que estava em avião da TAM adiantou vôo

Tio de Marcelo Carlos Stelzer leva a Congonhas documentos da vítima para ajudar reconhecimento

Mel Bornstein, do estadao.com.br,

18 de julho de 2007 | 14h58

Vicente Carvalho, tio de Marcelo Carlos Stelzer, de 39 anos, que estava no vôo 3054 da TAM, foi até o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, entregar documentos de seu sobrinho para ajudar na identificação do corpo.  Stelzer, técnico eletrônico, viajava freqüentemente para Porto Alegre e Caxias do Sul a trabalho, segundo o tio. A princípio, ele pegaria um vôo de Porto Alegre para São Paulo que partiria às 19h30. Como terminou o que tinha de fazer mais cedo, adiantou a partida.  Antes de entrar no avião, Stelzer sentiu um mal estar, telefonou para a mãe, em São Paulo, e pediu para que ela fizesse uma sopa para ele. O pai foi buscá-lo em Congonhas e tomou um susto quando viu a explosão que ocorreu próxima ao aeroporto. Sem saber como agir, conta Carvalho, tentou entrar em contato com o filho - sem sucesso. Apesar de imaginarem que ele viajava no vôo 3054, os pais do técnico eletrônico só tiveram certeza quando receberam um telefonema da TAM durante a madrugada desta quarta-feira, 18.  "É uma fatalidade", declarou Vicente Carvalho, acrescentando que a família da vítima não está, no entanto, revoltada. "Vamos nos revoltar com quem? Com o presidente da República? Com a Infraero?". Ele se mostrou confuso com a autorização que os pilotos de Congonhas receberam para usar a pista onde ocorreu o acidente, pois ela "não está pronta, segundo disseram".  O vôo 3054 da TAM, vindo de Porto Alegre na terça-feira, 17, com 186 pessoas a bordo - sendo 162 passageiros, 18 funcionários da companhia aérea e seis tripulantes - explodiu próximo a Congonhas. Pelo menos 190 pessoas, entre 186 à bordo do avião e cerca de cinco mortos no solo, estão entre as vítimas da tragédia. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, 157 corpos foram resgatados do local e 63 foram examinados no IML. 

Tudo o que sabemos sobre:
vôo 3054

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.