Taxista é baleado no peito por assaltantes na zona norte de São Paulo

Vítima, sem saber do risco que corria, levou passageiro até bairro violento e, na volta, foi atacada

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

04 Abril 2012 | 01h33

SÃO PAULO - O taxista Carlos Alberto Minorelli, de 49 anos, foi ferido por dois tiros no peito, por volta das 23 horas de terça-feira, 3, ao ser assalto por quatro homens, que ocupavam um Corsa cinza roubado, na altura do nº 36 da Rua Manuel Vieira da Luz, no Jardim Maria Cândida, região do Tremembé, na zona norte da capital paulista.

 

A vítima, que faz ponto em frente ao hipermercado Carrefour da Vila Maria, próximo à Ponte da Vila Maria, ao volante de um Astra, havia levado um passageiro ao Jardim Filhos da Terra, bairro violento. Sem saber do risco que corria ao se deslocar até a região àquela hora da noite, Carlos Alberto fez a corrida e, na volta, já no bairro vizinho, após deixar o cliente, foi abordado pelos ocupantes do Corsa. Não se sabe ainda por que os criminosos atiraram.

 

Os bombeiros chegaram a ser acionados, mas a vítima foi socorrida antes por testemunhas e levada para o pronto-socorro da Santa Casa, localizado no complexo do Hospital São Luiz Gonzaga. Do taxista, foram levados dinheiro, GPS e outros objetos. Carlos passou por cirurgia e continua internado. O estado de saúde dele não foi divulgado pelo hospital. Até a 1h30 desta madrugada de quarta-feira, 4, nenhum suspeito havia sido detido pela polícia.

 

Policiais militares da 1ª Companhia do 43º Batalhão encaminharam os dados da ocorrência para o plantão do 73º Distrito Policial, do Jaçanã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.