Taxista acusa policiais de agressão e roubo

Seis policiais militares são investigados pela Corregedoria da PM por suspeita de ter espancado e roubado um taxista de 29 anos na madrugada de domingo na Avenida Rio Branco, centro da capital. Em depoimento no 8.ºDP (Brás/Belém), o taxista disse que passou em alta velocidade por uma viatura ao levar uma passageira à Santa Casa. Após deixá-la, ele disse que foi abordado pela viatura e multado por avançar sinal. Liberado, foi abordado de novo e agredido. Os PMs teriam roubado um radiocomunicador.

O Estado de S.Paulo

19 Julho 2012 | 03h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.