Táxis e vans clandestinos apreendidos poderão ser leiloados

Portaria publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da Cidade permite que Prefeitura mande a leilão veículos irregulares apreendidos nas ruas da capital

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

14 Maio 2013 | 11h59

SÃO PAULO - Carros e vans usados como táxis e lotações clandestinos em São Paulo serão leiloados até 90 dias após serem apreendidos. Uma portaria regulamentando os leilões foi publicada na edição desta terça-feira, 14, do Diário Oficial da Cidade.

A justificativa da medida é esvaziar os superlotados pátios para onde esse veículos são levados após apreensão.

Pelo texto, os veículos poderão ser leiloados como sucata mas, quando for o caso, também serão vendidos com documentação. Vai caber a uma comissão da Secretaria Municipal de Transportes organizar os leilões, usando leiloeiros oficiais da Junta Comercial do Estado de São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.