Táxi paulistano também terá serviço de TV

Os táxis da cidade de São Paulo poderão ter pequenos aparelhos de televisão para entreter os passageiros. A Secretaria Municipal dos Transportes publicou ontem portaria que autoriza a instalação dos equipamentos na parte de trás dos veículos e a negociação com empresas que forneçam programação - incluindo emissoras de televisão aberta.

Renato Machado, O Estado de S. Paulo

02 de junho de 2011 | 09h16

As empresas que vão fornecer a programação precisarão cadastrar-se no Departamento de Transporte Público (DTP), que vai fazer uma análise do conteúdo veiculado antes da liberação. Não há restrições na programação de entretenimento. Do total, 15% vão para campanhas educativas e mensagens institucionais. A única proibição se dá nas mensagens publicitárias, onde não pode haver propaganda político-partidária, por exemplo.

O modelo de programação deverá ser parecido com o das televisões colocadas nos ônibus. A forma de contrato e negociação entre as partes, no entanto, será diferente, não havendo um contrato único para toda a frota. Sobre os veículos que já possuem aparelhos de DVD para seus clientes, a Secretaria dos Transportes afirma que estão instalados de maneira irregular. "Atualmente os permissionários que instalam, sem a autorização da Prefeitura, equipamentos que não são originais de fábrica, como aparelhos de DVD, cometem infração", informou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.