Nilton Fukuda/Estadao - 06/08/19
Nilton Fukuda/Estadao - 06/08/19

Táxi fica mais caro na capital paulista a partir deste sábado; confira os valores

Conforme a Prefeitura, preços foram ajustados após sete anos e calculados abaixo da inflação acumulada no período; entre as principais mudanças, a bandeirada, valor inicial da corrida, subirá de R$ 4,50 para R$ 5,50 em táxis comuns

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de abril de 2022 | 21h35

SÃO PAULO – Os preços cobrados pelos taxistas estão mais altos a partir deste sábado, 2, na cidade de São Paulo. Entre as principais mudanças, a bandeirada, valor inicial da corrida, irá de R$ 4,50 para R$ 5,50 em táxis comuns. Conforme a Prefeitura, os valores da tarifa recebem reajuste após sete anos e teriam sido calculados abaixo da inflação acumulada no período.

A portaria para atualização da tabela de cobrança foi publicada nesta semana no Diário Oficial do Município. Durante o período de transição para aferição dos taxímetros, os taxistas vão utilizar tabela de conversão para cobrar novos valores. Atualmente, há 36,7 mil táxis ativos credenciados na cidade de São Paulo.

Para taxistas das categorias comum, preto e especial, a bandeirada passa de R$ 4,50 para R$ 5,50 a partir deste sábado. A tarifa quilométrica, valor por quilômetro rodado, sobe de R$ 2,75 para R$ 4. Já a tarifa horária, quando o carro fica parado ou circula a menos de 15 km por hora, passa de R$ 33 para R$ 49.

No caso da categoria de táxi de luxo, a bandeirada passa de R$ 6,75 para R$ 8,25, a tarifa quilométrica de R$ 4,15 para R$ 6, e a tarifa horária de R$ 49,50 para R$ 73,50. Fica mantido o percentual de 30% da bandeira 2, acionada das 20h às 6h de segunda a sábado e ao longo de todo o dia de domingo. A regra vale para todas as categorias.

Segundo a Prefeitura, bandeira tarifária dos táxis das categorias comum, comum-rádio, preto e especial não era reajustada desde janeiro de 2015. Nesse período, a inflação acumulada, medida pelo IPCA, teria sido de 53,09%. Os novos valores fixados, portanto, estão abaixo da inflação acumulada no período.

"É importante informar aos usuários que, toda vez que os táxis têm nova tarifa fixada na cidade, é preciso aferir novamente os taxímetros dos quase 37 mil taxistas de São Paulo", informou a Prefeitura. O serviço é feito pelo Instituto de Pesos e Medidas de São Paulo (Ipem).

Enquanto os taxímetros não são adequados à nova tarifa, acrescentou a pasta, os taxistas têm de, obrigatoriamente, prestar o serviço dispondo de duas tabelas de conversão no interior do veículo. Uma fica com o motorista e a outra deve estar afixada no vidro do banco traseiro, para que o passageiro possa conferir o novo valor a ser cobrado.

Tarifa pré-fixada

No caso da tarifa pré-fixada, a Prefeitura informou também ter atualizado a tabela de cobrança de tarifa. Esse sistema de cobrança é autorizado na cidade de São Paulo somente em pontos privativos de táxi de locais com alta demanda pelo serviço, como o Aeroporto de Congonhas, os terminais rodoviários do Tietê e da Barra Funda e o Anhembi.

A tabela atualizada com os novos valores também passa a valer neste sábado e deve ser afixada em local visível nas cabines, no ponto privativo e nos veículos para consulta dos passageiros. Os motoristas que optarem pela tarifa pré-fixada também devem ter a tabela no veículo.

Com os novos preços, uma corrida de táxi comum do Aeroporto de Congonhas, na zona sul, até a região central, com uma distância de aproximadamente 12 quilômetros, saía R$ 44 na bandeira 1, de acordo com a antiga tabela de valores pré-fixados. Na tabela atualizada, passa a custar R$ 63.

Enquanto isso, uma corrida de táxi comum da Rodoviária do Tietê, na zona norte, até a região central, com distância de cerca de 6 quilômetros, custava R$ 26 na bandeira 1, segundo a tabela antiga. Com a tabela atualizada, o preço sobe para R$ 37.

Tudo o que sabemos sobre:
táxiSão Paulo [cidade SP]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.