Táxi especial terá faixa quadriculada vermelha e preta

Parte do visual dos táxis especiais de São Paulo vai mudar de novo. Comunicado publicado ontem pela Secretaria Municipal de Transportes determina que o adesivo quadriculado nas laterais dos veículos deverá ser vermelho e preto - em novembro, portaria da Prefeitura estabelecia que essas faixas deveriam ser amarelas e pretas.

O Estado de S.Paulo

10 de maio de 2012 | 03h03

Segundo o Departamento de Transportes Públicos (DTP), a mudança "atende a uma solicitação da própria associação da Categoria Especial (vermelho e branco)". Apesar disso, o órgão informou que 70 desses táxis (mais de 10% de toda a categoria) já haviam se adequado às faixas quadriculadas amarelas.

Agora, eles precisarão fazer adequações para atender à nova norma. No total, São Paulo tem 628 carros registrados como táxis especiais.

Outra alteração divulgada ontem diz respeito às portas dos veículos. Os táxis da categoria especial deverão colocar uma faixa vermelha na parte inferior das portas. De acordo com o DTP, não há prazo para as mudanças serem feitas, uma vez que os taxistas só são obrigados a adotar a nova identidade "ao substituir o veículo ou na troca de categoria". O órgão informou ainda, em nota, que a medida "é uma maneira de facilitar a visualização do veículo pelo usuário".

Cerca de 7 mil táxis da capital - incluídos os de todas as categorias - já estão rodando com o visual estabelecido em novembro. Esses parâmetros constam do Manual de Identidade Visual da Modalidade Táxi, lançado com a portaria de 2011.

Clandestinos. Ele estabelece "padrões de letras, cores e tamanhos" para a parte externa dos veículos, aplicadas por meio de adesivos. O DTP informa ainda que, "na ausência da identificação visual no táxi comum autônomo", muitos passageiros ficavam "com dúvida quanto à legalidade do transporte". Outra intenção da Prefeitura ao alterar a imagem dos táxis é facilitar a detecção de veículos clandestinos e irregulares circulando pelas ruas. Agora, os carros novos têm traseira e laterais estampadas. Segundo a Secretaria de Transportes, atualmente a cidade registra cerca de 34 mil táxis habilitados. / CAIO DO VALLE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.