Tarso diz que recursos para PAC em favelas já estão liberados

'Brasil nunca cresceu tanto como cresceu agora, nos últimos vinte anos', disse ministro em evento

Pedro Dantas, O Estado de S. Paulo

25 de fevereiro de 2008 | 15h58

O Ministro da Justiça, Tarso Genro, disse, na manhã desta segunda-feira, 25, que os recursos para o início das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) nas favelas do Rio já está disponível. "Os recursos já estão disponíveis. Temos que aguardar a votação do orçamento no dia 28. À medida que o orçamento for votado, o recurso será drenado", afirmou o ministro.  Genro participou do lançamento do livro "Falcão - Mulheres e o Tráfico" na unidade de Bangu, Talavera Bruce, da Central Única das Favelas (Cufa).  Ele também disse que "as pessoas estão perplexas pela oferta de emprego" e negou que as obras do PAC corram risco de atrasos por falta de mão-de-obra ou recursos.  "Não há nem falta de dinheiro, nem falta de mão de obra. O que há é um impacto muito grande na economia e na necessidade de mão de obra, que causa uma certa apreensão. O Brasil nunca cresceu tanto como cresceu agora, nos últimos vinte anos, e as pessoas estão perplexas pela oferta de emprego em diversos setores" declarou o ministro.

Tudo o que sabemos sobre:
urbanizaçãofavelasPACTarso Genro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.