Tarifa de ônibus, trem e metrô vai subir para R$ 3,20 em São Paulo

Ajuste de 6,7% entra em vigor no dia 2 de junho

22 Maio 2013 | 17h35

Atualizado às 19h35

SÃO PAULO - A Prefeitura de São Paulo anunciou nesta quarta-feira, 22, que o preço das passagens de ônibus, Metrô e dos trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) vai subir para R$ 3,20 a partir da 0h do dia 2 de junho, domingo da semana que vem.

A integração entre ônibus e Metrô ou trem, que hoje custa R$ 1,65 (fazendo a passagem combinada ficar em R$ 4,65) vai para R$ 1,80. A partir de 2 de junho, para pegar o ônibus e o trem, por exemplo, o passageiro passará a pagar R$ 5. 

O reajuste, de 6,67%, fica abaixo da inflação registrada desde o último aumento do ônibus. A alta mais recente foi em 5 de janeiro de 2011, quando a tarifa dos ônibus municipais passou de R$ 2,70 para R$ 3,00. Daquela data até o mês passado, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) registrou acúmulo de 14,8%.

O aumento no valor da passagem era esperado desde o início do ano. Em abril, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito Fernando Haddad (PT) optaram por adiar o aumento a pedido do Ministro da Fazenda, Guido Mantega, já que os transportes representam uma parte importante da inflação.

Semana passada, o Sindicato dos Metroviários chegaram a divulgar que o valor subiria para R$ 3,40, o que implicaria em um reajuste de 13,3% maior do que a inflação. Na sexta-feira, 17, Alckmin e Haddad desmentiram o valor, garantindo que o aumento da tarifa ficaria abaixo da inflação. 

Mais conteúdo sobre:
Ônibus CPTM Metrô passagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.