Tarifa cobrada pelos estacionamentos aumentou 7,15% no primeiro semestre

Guardar o carro em estacionamento está mais caro e mais difícil na Região Metropolitana de São Paulo. A inflação medida pelo IPCA indica que os valores cobrados pelos estacionamentos subiram 7,15% no primeiro semestre, 2,45 pontos porcentuais a mais que no mesmo período de 2009, quando a alta foi de 4,7%. Quem trabalha em zonas empresariais também tem dificuldades em encontrar vagas para estacionar em período integral. Segundo o IBGE, o aumento de preços está ligado ao crescimento da demanda, consequência do maior número de carros em circulação. O sindicato dos donos de estacionamentos do Estado diz em seu site que a tarifa está relacionada às condições imobiliárias do mercado e às particularidades do estabelecimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.