Tá na moda pedir desculpas

Marido da tesoura

TUTTY HUMOR, O Estado de S.Paulo

08 de dezembro de 2012 | 02h06

O povo está confuso de novo! Pelo que diz o noticiário, a Dilma vai usar o Tesouro para cortar os 20% que prometeu na conta de luz, é isso?

Parou por quê?

A volta olímpica de Oscar Niemeyer não devia ter data para acabar. O arquiteto merecia ser velado em todas as cidades do mundo onde acrescentou uma curva na paisagem. Sem choro nem vela!

Dúvida cruel

Uma coisa não ficou muito clara na cobertura esportiva do Brasil Open de tênis: o suíço Roger Federer comeu o sanduíche de mortadela do Mercado Municipal de São Paulo antes ou depois de perder para o brasileiro Thomaz Bellucci?

Globalização

O povão está aprendendo um bocado de coisas sobre a Turquia assistindo à novela de Glória Perez, na Globo. Tem muita gente por aí que, antes de Salve Jorge, achava que Capadócia e prepúcio fossem a mesma coisa!

Já?

Aécio Neves está visivelmente constrangido com a pressa de FHC em vê-lo o quanto antes liderando a oposição nos quatro cantos do País. Só se fala disso no Leblon!

Mal comparando

Depois de Oscar Niemeyer, todo grande homem se sente um pouco pretensioso e envergonhado!

Ao ataque

Tremei, Japão! A Fiel está chegando!

Devegar e sempre

no velório de Oscar Niemeyer, no

Palácio do Planalto

Aproveitando-se de uma tendência que pode virar moda no verão, o lateral esquerdo Leo, do Santos, reconheceu sem demora a "piada infeliz" que fez com a torcida do Corinthians, quando disse que "quem está acostumado com rodoviária não pode ir ao aeroporto".

Depois que - não importa se de mentirinha - o humorista Rafinha Bastos pediu desculpas ao Luciano Huck, francamente, vai pegar super bem se o Lula e o Luis Fabiano fizerem o mesmo com a dona Marisa e a torcida do São Paulo, respectivamente?

Se pedir perdão virar traço de comportamento do brasileiro neste finalzinho de ano, não custará nada a Jorge Paulo Lemann passar um fio no Natal pro Eike Batista para explicar que não teve a intenção de ofendê-lo ao tomar seu posto de homem mais rico do Brasil.

Quem sabe, no embalo, o próprio Alex Atala não vem a público dizer "aí, gente, foi mal", que seja, sobre seu desempenho no sorteio das chaves da Copa das Confederações!

Enfim, não será surpresa para esta coluna se, lá pelas tantas do réveillon, Eduardo Suplicy passar um e-mail pedindo desculpas ao Bob Dylan. Por tudo!

No mais, desculpa aí qualquer coisa, pessoal!

Sorria

Maria Sharapova está entre nós! Quer mais o quê? Vai dizer que prefere a Madonna ou a Lady Gaga, caramba? Ô, raça!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.