Suspensa primeira audiência pública do projeto Nova Luz

Pressionado, secretário diz que apresentação foi suspensa por falta de segurança

Diego Zanchetta, O Estado de S. Paulo

14 Janeiro 2011 | 20h01

SÃO PAULO - A primeira audiência pública do Projeto Nova Luz foi suspensa no fim da tarde desta sexta-feira, 14, pelo secretário de Desenvolvimento Urbano, Miguel Bucalem. O motivo foi falta de segurança. Cerca de mil pessoas acompanhavam a apresentação do projeto na Fatec do Bom Retiro. Outras 200 estavam do lado de fora.

 

Pelo plano, 28% dos 45 quarteirões do bairro serão demolidos, o que contraria os lojistas da Rua Santa Ifigênia. Nesta tarde, comerciantes ligados à Associação de Lojistas da Santa Ifigênia (Alsi) protestaram fechando as portas.

 

A gestão do prefeito Gilberto Kassab (DEM) informou que os imóveis que serão desapropriados "são compostos basicamente por estacionamentos, galpões e imóveis com um ou dois pavimentos sem valor histórico, conforme critérios aplicados em toda área."

Mais conteúdo sobre:
Nova Luz

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.