Suspeitos morrem em tiroteio com PMs em Mairiporã e Santo André, Grande SP

Tiroteio ocorreu durante perseguição a um carro roubado e uma moto sem placas

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

19 Abril 2012 | 05h57

SÃO PAULO - Dois suspeitos que eram perseguidos pela Polícia Militar morreram, em supostas trocas de tiros com os policiais, entre as 20h e 21h30 de quarta-feira, 18, nas cidades de Mairiporã e Santo André, na Grande São Paulo.

 

Ao lado de dois comparsas, Wallace dos Santos Marcondes, de 19 anos, fugia em um Prisma preto roubado na Rua Nossa Senhora de Lourdes, na Mata Fria, em Mairiporã, quando foram alcançado pelos policiais. No tiroteio, Wallace foi baleado e morreu no pronto-socorro da região. Alexandre Lopes Bento, 18, e Felipe Leão Ferreira de Souza, 20, entregaram-se sem resistir. O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)

 

Ocupando uma Yamaha XT 250 Tereré azul, sem placas, dois homens negaram-se a parar o veículo e foram perseguidos pela PM. Na esquina das ruas Jacaretinga x Mico-leão-dourado, no bairro Recreio, em Santo André, o piloto se desequilibrou e ambos os suspeitos foram ao chão.

 

Um deles fugiu por um matagal próximo, mas o outro, ainda não identificado, armado com um revólver calibre 38, teria atirado contra os policiais, da Força Tática do 41º Batalhão, e, no revide, foi baleado, morrendo no pronto-socorro municipal da região. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Santo André, pelo delegado Carlos Eduardo Vale dos Santos e também será apurado pelo DHPP.

Mais conteúdo sobre:
TiroteioDHPProuboperseguição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.