Suspeitos de morte em quartel serão libertados

A Justiça Militar concedeu liberdade provisória aos três soldados presos no Recife após a morte da jovem Monique Valéria de Miranda Costa, dentro de um quartel da Força Aérea Brasileira (FAB), no domingo. Em nota, a Aeronáutica informou que já recebeu os alvarás de soltura e destacou que os acusados permanecerão afastados do serviço armado. Os três militares, que deverão prestar depoimento hoje, alegam que a jovem foi morta por tiro acidental.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.