Suspeitos de matar balconista em farmácia de SP são presos em Parati

Crime ocorreu em Guarulhos no último dia 10 de outubro; segundo a PM do Rio, bandidos estavam escondidos em uma ilha de pescadores

Joao Paulo Carvalho, Central de Notícias),

26 Outubro 2011 | 20h59

SÃO PAULO - Três menores foram presos em Parati, no Rio de Janeiro, suspeitos de matar a sócia de uma farmácia durante um assalto, em Guarulhos, na Grande São Paulo, no último dia 10 de outubro. Segundo informações da Polícia Militar do Rio de Janeiro, eles estavam escondidos em uma ilha de pescadores.

A balconista Maria Tatiana Barros de Oliveira, de 21 anos, foi morta com um tiro na nuca durante um assalto à farmácia onde trabalhava na Rua Aragoiânia, na Vila Barros, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Os dois bandidos fingiram ser clientes e depois anunciaram o assalto. Mesmo encaminhada para o Hospital Geral de Guarulhos (HGG), a jovem não resistiu e morreu. As câmeras de segurança do estabelecimento registraram o assalto.

Mais conteúdo sobre:
Morte balconista farmácia Cidades

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.