Suspeitos de assaltar mais de 15 bancos são presos em SP

Segundo a polícia, quadrilha quebrava paredes das agências para arrombar cofres

Marcela Gonsalves, Estadão.com.br

06 de junho de 2011 | 19h12

SÃO PAULO - A Polícia Civil prendeu neste domingo, 5, três suspeitos de integrar uma quadrilha que arrombava cofres de bancos em São Paulo. Dois deles foram encontrados na região de Praia Grande, litoral paulista, e o outro em Guarulhos, na Grande São Paulo. Foram apreendidos três veículos, armas, munições e ferramentas utilizadas nos roubos.

 

Segundo o delegado titular do Setor de Investigações Gerais (SIG) da 8ª Seccional, Arli Antônio Reginaldo, as investigações começaram há cerca de três meses, no dia 9 de março, quando houve uma tentativa de furto ao cofre de uma agência do Bradesco na Avenida Sapopemba. Pelo menos 15 boletins de ocorrência com o mesmo tipo de modus operandi no assalto a agências bancárias foram encontrados desde novembro de 2010.

 

Em todos os casos analisados, a quadrilha quebrava a parede lateral ou do fundo da agência e, uma vez dentro dela, seguia quebrando as paredes internas até chegar ao cofre. O suspeito de ser o encarregado de cortar as chapas que blindavam cofre está entre os presos.

Tudo o que sabemos sobre:
quadrilhabancosassaltosprisãoSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.