Suspeito é morto pela PM e 300 quilos de maconha são apreendidos em SP

Homem havia fugido pela mata e foi localizado com a ajuda do helicóptero Águia da PM

Pedro da Rocha, do estadão.com.br,

06 Dezembro 2011 | 04h24

SÃO PAULO - Um suposta troca de tiros entre policiais militares da Força Tática do 43º Batalhão, por volta das 23 horas de segunda-feira, 5, terminou com um suspeito morto e a apreensão de aproximadamente 300 quilos de maconha, que estavam na carroceria de uma picape Chevrolet Montana prata. Após denúncia pelo 190, a PM localizou o veículo na Avenida Coronel Sezefredo Fagundes, na Vila Mazzei, zona norte da capital paulista.

 

No momento em que realizavam patrulhamento na região, informados sobre supostos traficantes, os policiais da 3ª Companhia do 43º Batalhão avistaram o veículo e perceberam que a picape estava baixa, com a carroceria lotada. A PM deu ordem de parada e os suspeitos iniciaram fuga. Na altura do nº 13 mil da mesma avenida, o carro virou na Rua dos Tratores e foi abandonado próximo à mata da Serra da Cantareira, para onde o motorista fugiu. Neste momento a Força Tática foi acionada.

 

O tenente Dam Silva de Oliveira, da Força Tática, contou que sua equipe entrou a pé no matagal para localizar o suspeito, com o auxílio da iluminação do helicóptero Águia da PM. "Ao encontrarmos o fugitivo, ele atirou contra nós. Revidamos e o atingimos", afirmou o tenente. Socorrido ao pronto-socorro São Luis Gonzaga, o baleado, Luciano Pereira Augusto, de 26 anos, morreu.

 

Com o suspeito os policiais encontraram um revólver calibre 38. O caso foi encaminhado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

 

Atualizada às 5h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.