Reprodução
Reprodução

Suspeito diz que matou analista, mas não o modelo na Oscar Freire

Lucas Rossetti foi preso no interior de São Paulo; crime ocorreu na última terça-feira

estadão.com.br,

29 de agosto de 2011 | 18h38

SÃO PAULO - O suspeito pelos assassinatos do analista de sistemas Eugênio Bozola, de 52 anos, e do modelo Murilo Rezende da Silva, de 21, teria dito nesta segunda-feira, 29, ao chegar na delegacia que matou apenas uma das vítimas. "Eu matei o Eugênio, o outro não", disse Lucas Cintra Zanetti Rossetti, segundo a polícia de Sertãozinho, no interior de São Paulo.

 

Rossetti foi preso nesta manhã na casa de uma conhecida, no bairro de Vila Áurea, após a polícia receber uma denúncia anônima. Cerca de 12 policiais da Divisão de Investigações Gerais (DIG) da cidade participaram da ação. O suspeito não resistiu à prisão e aguarda autorização de transferência para a capital.

 

No domingo, o carro de Bozola, usado por Rossetti na fuga, foi encontrado sem placas, abandonado no bairro Jardim Aliança, também em Sertãozinho.

 

Crime. Bozola e Silva foram encontrados mortos na madrugada da última terça-feira no apartamento onde viviam na Rua Oscar Freire, em Pinheiros, zona oeste de São Paulo. Ambas as vítimas haviam sido esfaqueadas.

 

Bozola foi encontrado na cozinha pela diarista que tinha a chave do local. Ele estava com calça social preta e camisa. Aos gritos, ela avisou o porteiro, que chamou a PM. Dentro do apartamento, os policiais acharam em um dos quartos o corpo de Silva, que estava com a cabeça coberta com um saco plástico, vestindo uma bermuda e camiseta de manga longa.

 

Rossetti foi hóspede do apartamento onde os dois moravam. De acordo com o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o crime ocorreu depois das 22h e que o assassino usou duas facas de cozinha para golpear as vítimas na altura do pescoço e do rosto. /COM REPORTAGEM DE WILLIAM CARDOSO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.