Suspeito de ser chefe da segurança de 'Nem' é preso no Rio

PM intensificou o patrulhamento na região para evitar a fuga de criminosos da Rocinha

estadão.com.br,

11 Novembro 2011 | 10h49

SÃO PAULO - Dez pessoas foram presas nesta sexta-feira, 11, durante operação da Polícia Militar na Favela Vila Vintém, na zona oeste do Rio, entre elas um homem suspeito de ser um dos chefes da segurança do traficante Nem, segundo informações publicadas no site G1. De acordo com balanço oficial da Polícia Militar, sete pessoas haviam sido detidas durante a ação, que deixou um morto e apreendeu três fuzis.

Ainda segundo a matéria do G1, entre os presos, seis confessaram que fugiram da Favela da Rocinha. Desde o início da semana, a PM intensificou o patrulhamento na região da Vila Vintém para evitar a fuga de criminosos da Rocinha para comunidades da Zona Oeste.

Entre os 10 presos, cinco estão feridos e foram levados para o Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, também na Zona Oeste. Ainda não há informações sobre o estado de saúde deles.

A PM também faz uma operação na Favela de Acari e o Batalhão de Operações Especiais (Bope) faz operação no Morro do Chapadão, ambos no subúrbio. Ainda não há informações sobre prisões ou apreensões.

Mais conteúdo sobre:
chefe segurança nem rocinha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.