Suspeito de matar sargento da PM é detido em São Vicente e confessa crime

Em nota a PM afirma que rapaz de 23 anos assumiu participação no assassinato, ocorrido dia 4

Ricardo Valota e Felipe Tau, do estadão.com.br,

12 Julho 2012 | 05h18

SÃO PAULO - No início da noite de quarta-feira, 11, policiais militares do 39º Batalhão do Interior (BPM/I) detiveram, em São Vicente, litoral sul paulista, Rafael Furtado dos Santos, de 23 anos, que, segundo a PM, confessou participação no assassinato do 2º sargento PM José Valdir dos Santos, ocorrido no final da tarde do último dia 4, em um bar, no bairro de Morrinhos, no Guarujá, cidade vizinha.

 

Com informações sobre a suposta localização do suspeito, os policiais foram até o endereço e detiveram Rafael. Com ele havia seis munições calibre 380, duas cápsulas plásticas contendo cocaína e R$ 9,00. Conduzido ao 1º Distrito Policial de São Vicente, o rapaz teria confessado o crime. Como o homicídio ocorreu no Guarujá, Rafael foi encaminhado à delegacia sede daquela cidade.

 

Crime. O sargento reformado da Polícia Militar José Valdir dos Santos estava num bar localizado na Avenida Quatro quando foi surpreendido por quatro homens. Depois de atirarem, os suspeitos fugiram e permanecem foragidos. O PM, que havia se aposentado em 2011, foi levado ao pronto-socorro do Hospital PAN, mas não resistiu aos ferimentos e morreu logo após a chegada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.