Suspeito de assaltar fábrica de joias é preso

A polícia prendeu ontem um suspeito de ter participado do assalto a fábrica de joias Guindani, em Cotiporã, na serra gaúcha. O homem, ainda não identificado, tem um ferimento na cabeça semelhante a um tiro de raspão e marcas de tiro em um braço e um dedo. Na madrugada do dia 30 de dezembro, ao menos oito homens fortemente armados explodiram a fábrica de joias. Na fuga, tomaram mais de trinta pessoas como reféns. Três bandidos morreram em troca de tiros com os policiais. O restante conseguiu fugir.

O Estado de S.Paulo

07 Janeiro 2013 | 02h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.