Suspeita de mandar matar o marido é solta

A empresária Eliane Bordieri Vieira de Camargo, de 58 anos, presa em agosto sob a acusação de mandar matar o marido, foi solta na segunda-feira. O Superior Tribunal de Justiça concedeu habeas corpus ao acatar a alegação de que ela pode responder ao processo em liberdade e tem problemas de saúde. Eliane e o marido, o empresário Luiz Antonio Vieira de Camargo, moravam em um condomínio de luxo em Araçoiaba da Serra e o motivo do crime, ocorrido em 2007, seria uma briga entre Camargo e um filho do casal.

O Estado de S.Paulo

28 Dezembro 2011 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.