Suprema rejeição

A caminho das urnas, o eleitor anda por aí tropeçando a toda hora em pesquisas de opinião para tudo. Nenhuma delas, lamentavelmente, afere a rejeição ao STF às vésperas do pleito. Pelo que a gente ouve nas ruas, todavia, já tem ministro do Supremo disputando com Joaquim Roriz o recorde nacional de queda livre de popularidade.

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

01 de outubro de 2010 | 00h00

Nada que, noutras ocasiões, o fígado do brasileiro já não tenha manifestado seu intenso mal-estar com a mais alta instância do Poder Judiciário. Dessa vez, entretanto, o colegiado de meritíssimos inovou métodos: além de avançar em território dominado pela forte concorrência das campanhas políticas de dar dó, conseguiu irritar todo mundo sem precisar, como no passado, conceder um único habeas corpus de repercussão nacional.

A indecisão quanto a aplicação imediata da Lei da Ficha Limpa, somada à indefinição - até ontem - sobre a documentação necessária para votar no domingo, encheu as medidas do eleitor. Fez transbordar novamente a indignação da opinião pública com a Corte Suprema. A boa notícia é que, para tanto, não foi preciso soltar nenhum grande inimigo público do País. Cá pra nós, melhor assim!

Ou não!

Caetano Veloso declarou seus votos para o Senado em Cesar Maia (DEM) e Lindberg Farias (PT). Para quem não conhece a política do Rio de Janeiro, isso é mais ou menos como um corintiano eleger o Palmeiras seu segundo time do coração.

Melô do STF

"Não se afobe não, que nada é pra já!"

GILMAR MENDES, CANTANDO CHICO BUARQUE NO CHUVEIRO

Que exagero!

Na dúvida sobre os documentos que precisa para votar, tinha eleitor ontem cogitando levar fiador e duas testemunhas para o escrutínio.

Mera coincidência

Desde que o economista Luiz Gonzaga Belluzzo se licenciou da presidência do Palmeiras para tratar do coração, o time do Felipão só faz ganhar no Brasileirão. Comenta-se discretamente a respeito no Parque Antártica!

Quem dera!

Não há por que duvidar do Serra quando ele diz que não tem duas caras. Se tivesse, convenhamos, não andaria por aí o tempo todo com aquela.

Cabra macho

Amigos cearenses de Ciro Gomes estão preocupados. Corre em Fortaleza boato de que o deputado teria comprado uma peixeira no centro da cidade. Parece que cansou de trocar insultos com adversários de seu irmão na disputa pelo governo do Estado.

Mal comparando

A blogueira cubana Yoani Sánchez reclama da perseguição em seu país de barriga, relativamente, cheia. Tem similar iraniano pegando até 19 anos de prisão em Teerã!

Todos iguais

Está na moda falar mal do parlamento brasileiro, mas o da Itália acaba de dar um voto de confiança a Silvio Berlusconi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.