Suposto 'maníaco da moto preta' é preso após quase ser linchado em SP

Bastante ferido após tentar fugir de testemunhas, suspeito detido pela PM foi levado para o hospital

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

11 Novembro 2011 | 05h17

SÃO PAULO - Foi detido, por volta da 1h30 desta madrugada de sexta-feira, 11, no bairro da Vila Moraes, região da Avenida do Cursino, na zona sul de São Paulo, um rapaz que, segundo moradores que quase o lincharam, seria o tal 'maníaco da moto preta', bandido que vem atacando mulheres principalmente no Grande ABC. O último caso ocorreu na noite de terça-feira, 8, no Jardim Independência, em São Bernardo do Campo, quando a vítima foi abordada ao estacionar o carro na garagem.

 

Nesta madrugada, o rapaz teria abordado uma garota, que conseguiu correr e pedir ajuda a testemunhas. Acuado, o criminoso fugiu e se jogou em um córrego na Rua Simão Lopes para não ser espancado e possivelmente linchado pelas pessoas, que ainda atiraram pedras contra o suspeito. Policiais militares da 3ª Companhia do 46º Batalhão foram acionados e detiveram o acusado, livrando-o da fúria dos moradores do bairro. O suposto maníaco, que ainda não teve o nome revelado, bastante ferido, foi atendido no pronto-socorro Heliópolis. O caso foi encaminhado para a central de flagrantes do 83º Distrito Policial, do Parque Bristol.

 

A Polícia Civil espera agora confirmar, por meio de reconhecimento por parte de vítimas que serão chamadas à delegacia, se o rapaz preso é o mesmo o maníaco que vem atacando também no Grande ABC. O tal 'maníaco da moto preta' já estuprou pelo menos duas mulheres em São Caetano, duas em Diadema e duas em São Bernardo. Em Diadema, há um retrato falado do suspeito. Segundo a polícia local, em alguns dos casos, o criminoso não teria retirado o capacete para dificultar o reconhecimento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.