Suposto explosivo é deixado em farmácia na Grande São Paulo

Estabelecimento foi arrombado, um computador roubado, e ladrões deixaram artefato suspeito no local

Marília Lopes, Central de Notícias

04 de abril de 2011 | 11h39

SÃO PAULO - O Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE), da Polícia Militar (PM), foi acionado na madrugada desta segunda-feira, 4, para retirar um explosivo de uma farmácia em Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo. De acordo com a assessoria da PM, os policiais foram ao local após o alarme da farmácia disparar.

 

A porta de aço do estabelecimento estava arrombada e os PMs localizaram um material que poderia ser explosivo. Equipes do Gate ficaram no local até as 8 horas da manhã, quando retiraram o artefato do local sem terem confirmado se era realmente explosivo. Os assaltantes furtaram um computador.

 

O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Itaquaquecetuba. Até a manhã de hoje ninguém foi preso pelo assalto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.