Iara Morselli/ Estadão
Iara Morselli/ Estadão

Suplicy fará prova de reciclagem após perder CNH por excesso de multa

Vereador ficará um mês sem dirigir; ele entregou a habilitação diretamente ao diretor-presidente do Detran-SP

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

28 Novembro 2017 | 12h08

O vereador Eduardo Suplicy (PT), de 76 anos,  teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa por causa de multas, a maioria por excesso de velocidade, que extrapolaram o limite de 20 pontos.

Suplicy entregou a carteira de habilitação nessa segunda-feira, 27, diretamente ao diretor-presidente do Detran-SP, Maxwell Borges de Moura Vieira.

O vereador ficará até 26 de dezembro sem poder dirigir, fará curso de reciclagem online e posteriormente realizará a prova para recuperar o documento.

Em entrevista ao Estado, Eduardo Suplicy afirmou que maioria das multas foi por excesso de velocidade. 

" Eu tenho que ficar mais atento para não exceder o limite de velocidade. Na pressa para chegar ao horário marcado em reuniões e compromissos, acabo excedendo o limite de velocidade. Tenho que ter maior disciplina", explicou Suplicy

+++ Ciclista morre após ser atropelado por ônibus no Morumbi

No início do ano, o prefeito João Doria (PSDB)teve a CNH suspensa entre 13 de janeiro e 12 de março após ultrapassar 20 pontos na carteira. 

Doria realizou o curso de reciclagem e fez o exame em junho, no prédio do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran/SP) na Sé, região central da capital paulista.

"Fiz questão absoluta de passar pelo rito normal, não pedi facilidades, nada que não fosse igualzinho a todas as demais pessoas", disse o prefeito. "A data foi marcada pelo Detran, cheguei no horário e cumpri a minha missão como cidadão", disse Doria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.