Substituto de Aref disse que obra não vai ocupar rua

Investigada no Ministério Público Estadual por suspeita de aprovar projetos ilegais, a arquiteta Marcela Honorário, subordinada de Hussain Aref, emitiu parecer no dia 2 afirmando que o projeto não resulta em ocupação da Rua Bruges. O mesmo foi escrito pelo substituto de Aref, Alfonso Orlandi Neto, em documento enviado à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.