Substância tem ligação direta com delírios e violência

Metanfetamina e violência têm relação direta, segundo a pesquisadora Solange Nappo, do Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid). "Nos estados americanos, onde há alta prevalência do uso de metanfetamina, há uma relação causal com a violência."

William Cardoso, O Estado de S.Paulo

12 de junho de 2011 | 00h00

A especialista afirma que os delírios paranoides da droga causam reação agressiva. "É nítida a alteração de personalidade com irritabilidade e desconfiança de tudo e todos. A violência produzida por essa droga é, sem dúvida, o pior dos efeitos."

Boca seca e cáries generalizadas fazem parte das consequências da droga, identificadas nos Estados Unidos como "meth-mouth" (boca de metanfetamina). Dentista especializada no atendimento a dependentes, Sandra Crivello já atendeu usuários que experimentaram a droga em formato de cristal, principalmente no exterior. "É gritante o desgaste dental generalizado, além da presença frequente de sangramento gengival. A reabilitação buco-dental é sempre um desafio."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.