Subprefeitura lacra rodoviárias clandestinas em SP

Agências fechadas terão que pagar uma multa de R$ 2.200, segundo a subprefeitura da Mooca

Solange Spigliatti, Agência Estado

14 de abril de 2008 | 14h54

A subprefeitura da Mooca lacrou, na manhã desta segunda-feira, 14, pelo menos 16 agências clandestinas de transporte na região do Brás, no Centro de São Paulo. A fiscalização deve continuar na região ao longo da tarde. As agências fechadas terão que pagar uma multa de R$ 2.200,00, segundo a subprefeitura. A ação foi comandada pela subprefeitura da Mooca, com o auxílio da Guarda Civil Metropolitana, com o objetivo de tirar da praça as empresas que vendem passagens de ônibus para várias regiões do país. Ao todo, 37 homens participaram da ação. 

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulotransporte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.