STJ manda Polícia Federal devolver égua

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou a devolução de uma égua da raça quarto de milha a seu proprietário, apreendida indevidamente em uma operação da Polícia Federal em Maceió no ano passado. O Ministério Público Federal se manifestou pelo acolhimento do pedido. A operação mirava esquema de desvio de recursos do Imposto de Renda de servidores do Tribunal de Contas de Alagoas. Estima-se que o prejuízo atinja R$ 100 milhões. O dono do animal, no entanto, não é alvo da investigação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.