STJ manda antiga rede indenizar família

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve decisão de segunda instância que condenou a antiga rede de supermercados Paes Mendonça a indenizar os três filhos de uma cliente, vítima de assalto no estacionamento do estabelecimento em 1995.

LUÍSA ALCALDE, O Estado de S.Paulo

21 de maio de 2012 | 03h02

A mulher morreu na frente da filha de 6 anos de idade, ao reagir a uma tentativa de estupro.

No dia 29 de julho daquele ano, por volta das 19 horas, a cliente e a filha entraram no estacionamento. Quando saíram do carro, foram abordadas por um homem armado. Ele mandou mãe e filha entrarem no veículo, sentou no banco traseiro e obrigou a mulher a dirigir até o Morumbi, na zona sul, onde ocorreu o crime.

A Justiça condenou o supermercado a pagar pensão mensal aos três filhos da vítima, além de indenização por danos morais.

Tristeza. Segundo a advogada da família da vítima, Zilda Angela Ramos Costa, ainda não foi calculado o valor da indenização.

A menina de 6 anos que estava com a mãe dentro do veículo hoje mora com a família em Recife e tem 22 anos.

"Eu fiquei sabendo da decisão, mas são os meus irmãos que estão cuidando do caso. Na época, foi tudo muito triste", declarou a jovem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.