STF suspende audiência de habeas corpus de Abdelmassih

Médico foi condenado por estuprar mais de 30 pacientes e aguarda recurso em liberdade após liminar

Rafael Moraes Moura, Agência Estado

30 de novembro de 2010 | 18h11

BRASÍLIA - O julgamento do pedido de habeas corpus em defesa do médico Roger Abdelmassih foi suspenso nesta terça-feira, 30, após pedido de vista do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa. Em dezembro do ano passado, o ministro Gilmar Mendes concedeu liminar determinando a soltura do médico, que havia sido preso em agosto.

 

Veja também:

linkMP entra com recurso para ampliar pena de Abdelmassih

No último dia 23, a 16ª Vara Criminal de São Paulo condenou o médico a 278 anos de prisão. Roger Abdelmassih foi acusado de estupro e tentativas de estupro contra mais de 30 mulheres - a maioria delas, pacientes de sua clínica especializada em reprodução assistida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.